12 fantásticos locais para visitar na Serra da Arrábida

É um dos santuários naturais mais bonitos de Portugal e está repleto de sítios para descobrir. 12 fantásticos locais para visitar na Serra da Arrábida.

arrabida

A Serra da Arrábida é uma das mais bonitas áreas protegidas de Portugal. Aqui pode encontrar fantásticas praias desertas entre o azul do mar e o verde da serra. Pode ainda caminhar pelos vários percursos pedestres, observar golfinhos no estuário do Sado e visitar alguns monumentos. Descubra 12 fantásticos locais para visitar na Serra da Arrábida.

1. Portinho da Arrábida

Situada no Parque Natural da Serra da Arrábida, a Praia do Portinho é uma das mais belas de Portugal. As suas areias brancas e finas e os variados tons de azul das águas límpidas do oceano contrastam com a verdejante vegetação da Serra, formando um belíssimo cenário que convida ao repouso e à contemplação.

portinho_da_arrabida.jpg

Portinho da Arrábida

Nesta baía tranquila é possível praticar mergulho para observar a diversidade marinha, estando no entanto interdita a caça submarina pois o fundo do mar é também considerado reserva natural.

2. Praia da Figueirinha

Tendo como cenário a belíssima Serra da Arrábida, a Praia da Figueirinha é uma das mais conhecidas e procuradas da região, pela facilidade de acesso e tranquilidade das suas águas.

praia_da_figueirinha.jpg

Praia da Figueirinha

Esta praia possui um areal extenso, que na maré baixa se prolonga mar adentro por uma língua de areia, dando origem a uma espécie de enseada, onde se costuma praticar windsurf.

3. Convento da Arrábida

Convento da Arrábida, construído no século XVI, abrange, ao longo dos seus 25 hectares, o Convento Velho, situado na parte mais elevada da serra, o Convento Novo, localizado a meia encosta, o Jardim e o Santuário do Bom Jesus.

convento_da_arrabida.jpg

Convento da Arrábida

No alto da serra, as quatro capelas, o conjunto de guaritas de veneração dos mistérios da Paixão e algumas celas escavadas nas rochas formam aquilo a que convencionou chamar-se o Convento Velho.

4. Praia de Galapos

Envolta pela luxuriante vegetação mediterrânica da Arrábida, a praia é uma estreita faixa de areia banhada por um mar calmo, azul e transparente.

galapos.jpg

Praia de Galapos

Uma faixa de areia dourada ou muito branca, entre a Arrábida e um mar magnífico, azul e calmo, um paraíso

5. Castelo de Palmela

O Castelo de Palmela está situado na Vila de Palmela, no Distrito de Setúbal. O castelo é visível da foz do rio Sado. Este castelo está situada na conhecida Costa Azul, no Parque Natural da Serra da Arrábida.

castelo_de_palmela.jpg

Castelo de Palmela

Nos dias mais limpos é possível ver através da sua torre de menagem, a capital de Portugal, Lisboa. Este castelo situa-se a 240 metros acima do nível do mar, apresentado uma planta poligonal de forma irregular, com vários torreões em quadrado ou circulares.

6. Castelo de Sesimbra

É o último dos Castelos portugueses sobre o mar a manter a traça medieval. Apresenta planta irregular, ocupando todo o topo da encosta. O lado nascente é composto pela alcáçova com a torre de menagem e os torreões, enquanto que o restante perímetro comporta a cerca vilã, protegida nas portas por torreões e no seu extremo poente por uma torre.

castelo_sesimbra

Castelo de Sesimbra

No século X foi reforçado pelo emirato omíeda e definitivamente reconquistado antes de 1199 por colonos francos. Até ao século XVI acolheu a vila de Sesimbra, entrando depois em ruína, só travada pelo restauro realizado entre 1936 e 1941.

7. Cabo Espichel

O Cabo Espichel é um promontório localizado em Portugal, a oeste da vila de Sesimbra. É delimitado a sul e oeste pelo oceano Atlântico e a norte pela estrada nacional 379 e Ribeira dos Caixeiros. Marca a extremidade sudoeste da península de Setúbal. No cabo vislumbra-se, vertiginosa e abissal, a Baía dos Lagosteiros.

cabo_espichel.jpg

Cabo Espichel

No cabo Espichel situa-se o conjunto do Santuário de Nossa Senhora da Pedra Mua – Igreja de Nossa Senhora do Cabo, Ermida da Memória, Casa dos Círios, Terreiro no Cabo Espichel, Cruzeiro, Casa da Água e Aqueduto no Cabo Espichel.

8. Forte de Santa Maria da Arrábida

O Forte de Santa Maria da Arrábida está situado sobre um rochedo existente no sopé da encosta sul da serra, a sudoeste do Portinho da Arrábida e a cerca de 5 quilómetros a oeste da foz do Sado.

Portinho-da-Arrábida-02.jpg

Portinho da Arrábida

Faz parte do conjunto de fortalezas seiscentistas que desde Setúbal se estendiam até ao Forte da Baralha, perto do cabo Espichel, dentro do plano de guerra defensiva contra a Espanha, instituído por D. João IV em 1640.

9. Praia de Galapinhos

A praia de Galapinhos é o local ideal para aqueles que procuram uma paisagem arrebatadora. É delimitada por uma encosta verde e dispõe de águas calmas e límpidas: esta zona mistura, de forma quase selvagem, a vegetação com o mar.

galapinhos.jpg

Praia de Galapinhos

Conta com um parque de estacionamento e bons acessos, assim como ofertas de restauração muito próximas. É perfeita para amantes da pesca desportiva ou para famílias com crianças, já que o mar, aqui, tem normalmente um comportamento muito pacato.

10. Praia da Ribeira do Cavalo

Localizada a pouco mais de uma milha a poente da Baía de Sesimbra, a Praia do Ribeiro do Cavalo conserva uma beleza única, razão pela qual é considerada é uma das mais belas praias da costa da Arrábida. As suas águas, ricas em flora e fauna marinhas, fazem a delícia dos apreciadores do mergulho, sendo frequente observar diversos peixes, crustáceos e moluscos.

ribeira_do_cavalo.jpg

Praia da Ribeira do Cavalo

É facilmente acessível por barco, devido à proximidade com o porto de abrigo. Mais difícil é chegar lá a pé, na medida em que se tem de caminhar pela serra abaixo durante cerca de 20 minutos, a partir do início da descida, através de um trilho sinuoso e com alguma inclinação, o que exige alguma preparação física. O tempo de subida pode chegar aos 30 minutos.

11. Gruta da Lapa de Santa Margarida

Situada no sopé da Serra da Arrábida, junto ao mar, aonde se chega por barco ou por terra por um caminho construído ali por um ermitão, descendo-se cerca de 200 degraus de pedra até ao local, a gruta da Lapa de Stª Margarida é um lugar invulgar muito visitado ainda hoje,  onde se encontra uma capela em estado degradado construída ali no século XVII.  Nela existiam 3 imagens (de Nª Srª da Conceição, Stº António e Stª Margarida) nos nichos que se vêm na figura acima mas que desapareceram com o tempo, estando uma delas guardada no Convento da Arrábida.

Gruta_da_Lapa_de_Santa_Margarida.jpg

Gruta da Lapa de Santa Margarida

Neste lugar faziam-se muitas peregrinações nos séculos passados, principalmente os sírios dos Pescadores vindos nos seus barcos engalanados de todo o lado, e o ambiente tornava-se festivo mas de  autêntico Recolhimento Espiritual, onde as pessoas  oravam e cantavam unidas pelo mesmo sentimento de fé  independentemente de sua convicção pessoal.

12. Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel

As suas origens remontam, pelo menos, ao século XIV, a um documento da chancelaria de D. Pedro I, datado de 1366, que refere os caminhos de peregrinação a Santa Maria do Cabo. No entanto, de acordo com a tradição oral, a descoberta, no promontório, da imagem de Nossa Senhora por dois velhos da Caparica e de Alcabideche, que, em sonhos semelhantes, teriam sido avisados pelos Céu, terá ocorrido, somente, no ano de 1410. O século XV marca, pois, um amplo desenvolvimento do Santuário. Neste período é erguida a Ermida da Memória, bem como a primitiva Igreja.

Cabo_Espichel2.jpg

Santuário da Nossa Senhora do Cabo

Com as invasões napoleónicas, o culto entre em progressivo declínio, travado, contudo, por diversas obras de recuperação realizadas ao longo das últimas décadas. Actualmente, o culto no Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel encontra-se vivo, nomeadamente através das celebrações dos círios de Azoia, Palmela e Sesimbra, cujas festividades se realizam nos meses de Março e Abril e Agosto e Setembro, respectivamente.

Fonte: vortexmag.net

Onde Ficar:



Booking.com